16 de julho de 2020 - 13:24

“Com meu Ranger não consigo”: Torcida do Fla pede saída do caçador da equipe

Durante a pior campanha do Flamengo Esports já vista desde que a organização ingressou no League of Legends, em 2017, a torcida, que comemorou o título do torneio em 2019 e viu o time chegar à final na primeira etapa de 2020, já “identificou” culpados pela má fase da equipe na segunda etapa do Campeonato Brasileiro de League of Legends (CBLOL) 2020.

O principal alvo das críticas do torcedor rubro-negro dos Esports é o caçador Ranger, que não acumulou boas atuações nesta segunda etapa. O jungler do Flamengo chegou a realizar uma publicação que dá a entender que teria recebido ameaças contra a própria família após derrotas. Durante transmissões dos jogos do Flamengo Esports no CBLOL, parte da torcida pede, inclusive, a saída do caçador da organização.

Após a chegada de Bvoy e retorno de Luci, o Fla ainda conseguiu se reerguer, mas o trabalho em equipe e jogabilidade envolvente ainda não apareceram para os rubro-negros que, por hora, estão fora dos playoffs, dividindo a quinta colocação com Fúria e PRG. O saldo é de cinco vitórias e sete derrotas em doze partidas disputadas. (Veja a tabela de Classificação)

Outro que tem convivido com as críticas é o meio Goku. Consagrado campeão no ano passado e um dos destaques do Fla no mundial, Goku Chan teve apresentações inconstantes no principal torneio de Lol do Brasil e se tornou alvo de parte da torcida. Incomodado com as críticas, o mid laner chegou a publicar que precisaria de um tempo longe das redes sociais.

16 de julho de 2020 - 13:24

Autor: Victor Leahy