6 de março de 2020

Goku e Ranger afirmam ser fãs de dois jogadores da paiN Gaming de 2015

Durante um trecho do programa Bastidores da Semana, onde o Lol Esports BR mostra tudo que acontece por trás das câmeras nos dias de competição do Campeonato Brasileiro de League of Legends (CBLOL), dois jogadores do Flamengo admitiram que têm ídolos brasileiros no League of Legends. Curiosamente os dois jogadores citados como ídolos fizeram parte do icônico time da paiN Gaming de 2015, que obteve o melhor resultado brasileiro já alcançado em um campeonato mundial de LoL, além do título brasileiro daquele ano.

No trecho (que pode ser assistido a partir do minuto 2m16s do vídeo abaixo) ‘Ranger’ pergunta para ‘Goku se ele é fã de alguém no cenário brasileiro de LoL e, sem precisar pensar muito, Goku responde prontamente: “Sou fã do Kami”. Quando a mesma pergunta é direcionada a Ranger parecia que ele também tinha a resposta na ponta da lingua. “Mylon. “Quando comecei a jogar, o primeiro time que eu vi jogar foi o ‘Me Salva Bátima’, com o Mylon. Ele carregou o jogo e eu falei que ele é brabo”, afirmou o caçador.

Kami e Goku ainda podem se enfrentar pelo CBLOL neste ano, uma vez que o mid laner da paiN Gaming anunciou o retorno à Summoners Rift para o ano de 2020. Apesar do anúncio, ele ainda não atuou profissionalmente após a pausa na carreira. Em campanha inconstante da paiN, Tinowns, mid laner titular, é um dos mais criticados e a torcida pede a volta de Kamikat, acreditando que assim, a equipe pode ter um desempenho melhor.

Divulgação/Riot Games Brasil

Kami foi campeão CBLOL 2015 pela paiN Gaming e teve melhor resultado de um time brasileiro no mundial

No caso de Ranger e Mylon, não é possível vê-los atuando na mesma partida competitivamente, uma vez que o ex-top laner da paiN Gaming anunciou aposentadoria e, atualmente, faz parte da equipe do programa Depois do Nexus, que debate o cenário nacional de LoL assim como as principais competições, transmitido às segundas pelo LoL Esports BR.

Divulgação/Riot Games Brasil

Mylon anunciou aposentadoria da modalidade e hoje faz parte da equipe do Depois do Nexus

6 de março de 2020

Autor: Victor Leahy