22 de novembro de 2019 - 13:10

Prêmio CBLoL consagra os melhores da temporada de League of Legends

Divulgação/Riot Games Brasil

Nesta última terça-feira, 19 de novembro, a Riot Games recebeu a nata do cenário profissional de League of Legends para fechar a Temporada Competitiva de 2019 com chave (ou minions) de ouro. Pro players trocaram a camiseta do uniforme por um look mais arrojado, membros da equipe usaram seus melhores vestidos e se juntaram a jornalistas, streamers, influenciadores, Rioters e membros da comunidade para uma celebração especial. Foi a noite do Prêmio CBLoL.

A terceira edição do prêmio confirmou o que vimos durante a segunda etapa do Campeonato Brasileiro de League of Legends: o campeão Flamengo eSports com a maioria dos prêmios da noite, o vice-campeão INTZ e-Sports dividindo os louros e a glória, e uma grande surpresa para o Suporte da Team One.

Confira os vencedores:

Melhor Topo: Rodrigo “Tay” Panisa (INTZ e-Sports)

Melhor Caçador: Byeonghoon “Shrimp” Lee (Flamengo eSports)

Melhor Meio: Bruno “Goku” Miyaguchi (Flamengo eSports)

Melhor Atirador: Felipe “BrTT” Gonçalves (Flamengo eSports)

Melhor Suporte: Chang “Luci” Han (Flamengo eSports)

Melhor Técnico: Lucas “Maestro” Pierre (INTZ e-Sports)

Jogador Revelação: Gabriel “JoJo” Dzelme (Team oNe e-Sports)

Melhor Jogador: Byeonghoon “Shrimp” Lee (Flamengo eSports)

Melhor Jogada: Felipe “BrTT” Gonçalves (Flamengo eSports)

Craque da Galera: Felipe “BrTT” Gonçalves (Flamengo eSports)

 

A maioria das categorias contam com votos de especialistas, da imprensa e dos jogadores, enquanto a Melhor Jogada e o Craque da Galera são escolhidos com voto popular. A cerimônia aconteceu no dia 19 de novembro, terça-feira, no Pavilhão da Bienal, no Parque Ibirapuera, a partir de 20h. O evento foi transmitido ao vivo no SporTV e pode ser assistido pelos canais da Riot Games no YouTube e no Twitch.

Sobre o CBLoL

O Campeonato Brasileiro de League of Legends (CBLoL) é o campo de batalha no qual os melhores times profissionais do País se enfrentam, lutando não só pela supremacia em League e um lugar na história, mas também por uma vaga no Campeonato Mundial. As finais já passaram pelo Rio de Janeiro (Maracanãzinho), por São Paulo (Allianz Parque e Ginásio do Ibirapuera), por Belo Horizonte (Mineirinho), por Porto Alegre (Auditório Araújo Vianna) e novamente no Rio de Janeiro (Jeunesse Arena), com a presença de, em média, 10 mil pessoas em cada partida decisiva. A competição também é transmitida em salas de cinema, no YouTube, na Twitch e no SporTV.

 

22 de novembro de 2019 - 13:10