25 de abril de 2020 - 11:10

Ranger ‘ameaçou’ sair do Flamengo após sentir falta de comprometimento na equipe

O caçador da equipe rubro-negra lamentou as derrotas recentes, mas exaltou potencial do elenco

Após vivenciar uma fase de instabilidade e sentir o início de uma crise, o Flamengo Esports venceu a já rebaixada Redemption e garantiu vaga para a fase de mata-mata do Campeonato Brasileiro de League of Legends (CBLOL). Durante entrevista coletiva concedida após a partida, o caçador da equipe, Ranger, admitiu que “ameaçou” sair do Flamengo por sentir falta de seriedade e compromisso por parte da equipe. Para ele, o “mindset” é a única coisa que poderia impedir o Fla de ser o grande campeão da primeira etapa.

“A palavra chave é mindset. Acho que as duas últimas semanas que passaram foram umas das piores da minha vida, sinceramente. A questão de como estávamos levando os treinos, a mentalidade que a gente tinha, compromisso com os horários e até como a gente usava nosso tempo”, admitiu o caçador do Flamengo.

Divulgação/Riot Games Brasil

Ranger participou de entrevista coletiva online nesta sexta (25)

Ainda de acordo com Ranger, foi preciso uma mudança radical para acertar a equipe. “Abdicamos de dias de folga para treinar mais e nos acertarmos como time (…) Eu tenho muita confiança no elenco e, agora que estamos garantidos nas semifinais, teremos uma preparação muito boa e podemos ganhar de qualquer um”, finalizou.

Saída do Luci

Ainda durante a coletiva, Ranger e Djoko afirmaram que a saída do Luci deixou lacunas no time, principalmente na função de líder nas chamadas dentro de jogo. Segundo o caçador do rubro-negro, as responsabilidades foram divididas entre todos os jogadores e isso necessitou tempo de adaptação.

Novo suporte 

Criticado por parte da torcida e da comunidade brasileira do jogo, o suporte Jojo foi muito elogiado pelo treinador da equipe, Thiago “Djokovic” Maia. Para o experiente membro da comissão técnica, o suporte, que era reserva de Luci, está cada vez mais à vontade na equipe. “Ele está cada vez mais integrado na equipe. Está mais à vontade tanto na questão de gameplay quanto de fazer parte do time”, pontuou.

25 de abril de 2020 - 11:10

Autor: Victor Leahy