28 de fevereiro de 2020 - 23:32

Riot responde dúvidas sobre ‘Autofill’ e promete melhorias

O preenchimento automático, mais conhecido como ‘autofill’, não é a forma ‘preferida’ dos jogadores de League of Legends de cair nas filas, sobretudo as ranqueadas. A ferramenta no entanto, existe para facilitar na hora de encontrar partidas e reduzir o tempo de espera para os jogadores.

O ‘autofill’ se faz necessário, principalmente, porque nem todas as posições do jogo contam com a mesma popularidade. Então, para conseguir encontrar os dez jogadores e ainda assim manter a fila balanceada, a Riot Games criou o sistema que preenche as posições menos populares com invocadores que não escolheram ela na hora de buscar a partida.

Devido a insatisfação da comunidade com a ferramenta, muitas perguntas surgiram e a Riot Games lançou uma nota para esclarecer todas as dúvidas e ainda anunciar que uma melhoria pode estar próxima para o ‘autofill’. Veja:

Por que existe preenchimento automático nas ranqueadas?

“Quando criamos uma partida, nosso objetivo é encontrar dez jogadores com habilidades equivalentes nas posições que eles desejam jogar. Mas, infelizmente, nem toda posição é igualmente popular, então colocamos pessoas para preencher as mais desfavorecidas, garantindo que as partidas sejam criadas em um tempo razoável. Sem o preenchimento automático, encontrar partidas demoraria mais tempo e envolveria uma maior variedade de nível de habilidade conforme tentássemos encontrar o décimo jogador necessário. Nosso objetivo é encontrar o equilíbrio perfeito entre o tempo de espera por uma partida e a partida mais justa possível, e o preenchimento automático é necessário para chegarmos a esse ponto.

Estamos estudando maneiras de melhorar esse sistema , porém nunca poderemos eliminá-lo completamente. No momento, estamos testando a “paridade de preenchimento” em algumas regiões, o que significa colocar um jogador de preenchimento em uma equipe se a equipe oponente também tiver um, tornando as partidas mais justas. Se essas alterações funcionarem (esperamos descobrir isso dentro de alguns meses), elas serão implementadas globalmente, mas, se derem errado, pretendemos revertê-las e tentar de novo depois de algum tempo.

Quando esse sistema de paridade estiver estabilizado, podemos até tentar colocar os dois jogadores de preenchimento se enfrentando na mesma posição, mas não estamos prometendo nada! Forçar o preenchimento automático para a mesma posição nas duas equipes pode fazer o tempo de fila explodir se não formos cautelosos, então, primeiro, faremos muitos testes.”

28 de fevereiro de 2020 - 23:32

Autor: Victor Leahy