25 de julho de 2020 - 23:12

Streamer é banido da Twitch após admitir má conduta sexual com menores

Semanas depois de admitir má conduta sexual e comportamento predatório envolvendo duas meninas menores de idade, sendo liberado pela Tempo Storm e tendo seu contrato rescindido pela Facebook Gaming, o jogador aposentado do Super Smash Bros, Gonzalo “ZeRo” Barrios ‘também foi banido da Twitch Tv.

Barrios, que se mudou para o Facebook Gaming em um acordo exclusivo de streaming, não transmite no Twitch desde dezembro de 2019, mas ainda foi incluído na onda mais recente de proibições da plataforma.

Ele também não faz mais parte do programa de parceria, de acordo com o streamer e desenvolvedor CommanderRoot. Não está claro se ele era um parceiro do Twitch no momento da proibição, pois a plataforma normalmente remove o status de parceiro e afiliado de qualquer um que sai da plataforma em um acordo com outro serviço.

Barrios foi apenas uma das várias figuras de destaque na comunidade Smash acusada de má conduta sexual ou comportamento predatório no último mês. Originalmente, Barrios proibiu a si mesmo de participar de futuros torneios Smash depois de responder às alegações iniciais de má conduta sexual.

Depois que mais pessoas se manifestaram contra ele e várias outras declarações, o ex-jogador excluiu todos os seus tweets e deixou as mídias sociais. Tempo disse que a organização está trabalhando para conectá-lo a um conselho profissional para garantir que seu comportamento não recaia, além de oferecer e oferecer apoio profissional à medida que se recuperam.

Nenhum comentário foi feito por Barrios em nenhuma plataforma desde sua declaração final no Twitlonger, que foi excluída desde então.

25 de julho de 2020 - 23:12

Autor: Dot Esports