27 de janeiro de 2020 - 12:03

Tinowns não contesta quem chama paiN de ‘Dream Team’, mas avisa: só no papel

Divulgação/Riot Games Brasil

O alto investimento da paiN Gaming para 2020 cresceu proporcionalmente ao “hype” criado pela torcida e comunidade do League of Legends no Brasil. Yang, SeongHwan, Tinowns, brTT e Key vêm sendo apontados como a “equipe dos sonhos” da primeira etapa do Campeonato Brasileiro de League of Legends (CBLoL) 2020. Opinião esta que Tinowns não contesta, mas avisa que é só no papel.

A paiN estreou na liga nacional com uma derrota para o Flamengo no confronto de abertura, mas se não se abalou diante da atual vice-campeã, INTZ, e venceu o jogo com autoridade. Para Tinowns, o principal fator para a recuperação no dia seguinte foi a melhoria na comunicação como time.

Kami

Quando perguntado sobre a possível dinâmica de revezamento com Kami, Tin afirma que a decisão não cabe aos jogadores e fica de inteira responsabilidade da comissão técnica. “Não é algo que eu tenho controle, estamos nos dedicando e ajudando um ao outro, isso é o mais importante”, destacou.

27 de janeiro de 2020 - 12:03

Autor: Victor Leahy com ESPN Esports Brasil